­

Condenado que matou o adolescente Lucas de Nelson da Barraca em Alagoa Nova comete suicídio em presídio de Cajazeiras

Alagoa Nova Já | 15.2.19 | 0 comentários

O detento Matusael Coelho dos Santos de 26 anos, preso chegado há dois dias no Presídio Padrão de Cajazeiras,e que havia sido transferido da cadeia pública da cidade de Esperança, ambas na PB, cometeu suicídio por meio de enforcamento na manhã de hoje(15/02).
O Instituto de Polícia Cientifica(IPC) e o delegado local foram acionados para realização das medidas cabíveis.O corpo estava pendurado por um lençol quando foi encontrado pelos agentes do Presídio Padrão. 
A direção informou que o detento tinha chegado há dois dias e estava no isolado para adaptação ou reconhecimento onde se encontrava sozinho no momento do atentado contra a própria vida.
Matusael Coelho dos Santos respondia um crime de homicídio contra um adolescente de 14 anos ocorrido em Novembro de 2014. O crime aconteceu na noite de 09 de novembro de 2014 na zona rural de São Sebastião de Lagoa de Roça.
Matusael Coelho dos Santos, foi julgado no Fórum Samuel Duarte, em Esperança(12/07/2017), que durou quase 12 horas. Ao acusado tendo sido constatado a autoria do crime por Matusael, lhe foi imposta uma sentença condenatória, com pena de 18 anos e 09 meses de reclusão pela morte do adolescente Lucas Jardelino. 
A justiça naquele momento foi feita, até que nas primeiras horas da manhã de hoje o condenado resolveu praticar suicídio. 
Relembre o caso:
O crime contra a vida do adolescente ocorreu em 11 de novembro de 2014, quando  Matusael Coelho dos Santos, de 24 anos na época, matou o estudante Lucas Jardelino Ferreira, de 14 anos. O adolescente foi morto com um profundo golpe de faca no peito.
A morte de Lucas (Lucas de “Nelson da Barraca”) ocorreu por volta das 20h00 de 09 de novembro/2014 na zona rural de São Sebastião de Lagoa de Roça quando havia saído de um bar. O garoto não bebia, nem fumava e estava no estabelecimento apenas acompanhando amigos.
Segundo informações desses amigos, sem nenhuma discussão, o acusado entrou no bar e deu um tapa no rosto do estudante, que não revidou. Matusael então “convidou” a vítima para acompanhá-lo para fora do bar, mas não foi atendido. 
Minutos depois Lucas decidiu ir para casa. Na porta do bar o Matusael esperava o adolescente e desferiu um único golpe profundo de faca na altura do peito esquerdo. Ele foi socorrido para o Hospital Municipal Sofia de Castro em Alagoa Nova, mas devido à gravidade não resistiu a gravidade do ferimento.
O acusado fugiu, mas por volta das 21h30 perambulava no centro da cidade e acabou reconhecido. Cerca de dez pessoas decidiram fazer justiça com as próprias mãos. 
Por pouco não lincharam Matusael que foi espancado, atropelado  e baleado. A Polícia Militar interviu e evitou o linchamento. Ele foi atendido no Hospital da cidade e transferido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, sem risco de morte. Depois da recuperação, ele foi preso, enquanto aguardava o julgamento. 
O suicídio de Matusael Coelho está sendo o assunto do dia mais comentado em Alagoa Nova.

Por: Silvanna Ramos

Editorias: , , , ,

0 comentários