­

Funcionário denuncia perseguição política depois de anunciar rompimento com o prefeito; servidor foi notificado para se apresentar em 24hs

Redação Alagoa Nova Já | 22.12.15 | 0 comentários

Mesmo em meio a uma crise de gestão, a administração não deixa de perseguir os funcionários que não concordam com a atual administração. 
Um funcionário procurou a redação do blog, para denunciar a perseguição política em Alagoa Nova, município localizado no Agreste do estado. 

De acordo com Ewgner Júnior que havia anunciado nesta segunda-feira (21/12), na rede social Facebook, o desconforto com o atual grupo político, que comanda o município a pelo menos 20 anos, no que culminou em uma notificação, na manhã desta terça-feira, para se apresentar na Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo. 


Júnior estava como vigia do Fórum de Alagoa Nova, cumprindo determinação do próprio prefeito, mas deverá voltar a exercer a função de gari, conforme portaria assinada pelo gestor Kleber Moraes (PSB) que revogou a decisão anterior. 


Em contato com a redação do BLOG, Ewagner Júnior que é funcionário público concursado afirmou que está impressionado com a agilidade da equipe. “Já esperava pelo ato, mas fiquei surpreso ao receber a notificação em menos de 24hs, depois da minha publicação. Essa agilidade em tão curto tempo, não se tem para gerir as necessidades básicas no município” denunciou.

Entenda o caso: 


Júnior mais conhecido como Hulk, foi o animador da campanha de reeleição do prefeito, além de apresentar o programa da prefeitura na rádio local. E se tornar conhecido como um defensores do atual prefeito. Mudando recentemente de posição política, quando declarou apoio ao pré-candidato Aquino Leito (PSDB) que deverá disputar a prefeitura nas eleições do próximo ano.

Fonte: Blog Luiz Carlos

Editorias:

0 comentários