­

VI Semana da Leitura é aberta em Alagoa Nova; o evento acontece durante cinco dias

Redação Alagoa Nova Já | 27.10.15 | 0 comentários



Foi aberta na manhã dessa segunda-feira (26) no Colégio Municipal Professora Violeta Costa, a VI Semana da Leitura, denominada “Ler por prazer!”. Coordenado pela Secretaria de Educação de Alagoa Nova, o evento visa oferecer aos alunos, professores e público em geral um espaço de estudos e vivências culturais literárias.


Nesta VI edição, quem está sendo homenageado é o jornalista e escritor alagoa-novense Luis Gonzaga Rodrigues. Na cerimônia de abertura estiveram presentes, a Secretária de Educação, Ivenete Teixeira dos Santos Rocha; a gestora do Colégio Municipal Professora Violeta Costa, Aracy do Socorro; ; o Secretário de Ação Social do Município, José Ednaldo; a Presidente do Conselho Municipal de Cultura do Município, Ana Maria Amaro da Silva(Silvanna Ramos); o vereador Ícaro Teixeira e o próprio Gonzaga Rodrigues, acompanhado de familiares e jornalistas; ainda, membros do governo municipal, gestores,  professores, alunos de várias escolas da rede municipal, estadual e privada; também artistas e escritores. 

De acordo com a Secretária de Educação, Ivenete Teixeira dos Santos Rocha, “durante o período de cinco dias, Alagoa Nova irá respirar a cultura da leitura e de outras artes, onde o engajamento da Secretaria e das Escolas se tornaram evidentes, cada uma dentro de suas possibilidades estarão atuando com atividades internas e externas, farão dramatizações, saraus literários, musical, apresentações de danças e exposições. Tanto a sede do Município, quanto o Distrito do São Tomé e escolas rurais estão envolvidas em atividades que serão vivenciadas nos três turnos”. Frisou ela, ao tempo que deu as boas vindas aos presentes, em especial ao homenageado Gonzaga Rodrigues.

Para a Presidente do Conselho Municipal de Cultura, Ana Maria Amaro da Silva(SilvannaRamos), “falar de leitura é escrever a história pessoal e também a história coletiva do município, é utilizar para isso a tinta da criatividade, da livre expressão e da imaginação. O contato com as letras dizem respeito ao universo escolar, aos gestores e professores cabe por meio de pequenos incentivos possibilitar um ambiente favorável ao surgimento de leitores e em um futuro próximo de escritores. Enfatizou ela, que é uma grande batalhadora no campo da política cultural em suas mais diversas modalidades.

Ao utilizar-se da fala, o homenageado da VI Semana da Leitura, disse entre outras questões está agradecido e lisonjeado com a homenagem, o que não o envaidece, mas o deixa mais responsável com o trato da escrita e sua disseminação, “é para mim motivo de honra e orgulho, que ora divido com todos os educadores, por esse um momento especial. Está em minha cidade natal, berço de artistas e escritores  reconhecidos pela Academia Paraibana de Letras é antes de mais nada rememorar lembranças que não dormem dentro de mim, lembro de pessoas inesquecíveis, a exemplo de minha amada professora do fundamental dona Querumbina, uma negra sabia que me ensinou mais que letras, me ensinou a perceber o valor das diferenças e a vontade de exercer respeito e cidadania. Não posso voltar ao passado, mas posso dizer que para que esta cidade e este País tenham tenhão de fato reconhecimento, precisão de investimentos mais sérios e verdadeiros na educação, pois sem ela, não há crescimento humano, nem progresso que se preze”. Evidenciou Gonzaga Rodrigues emocionado, que ainda em sua fala citou seus contemporâneos e fez referência a celebres autores e obras.

Antonio Paulo da Silva que coordenada a VI Semana da Leitura, disse “o evento não é algo esporádico, mas algo pontual que durante todo o ano é tratado em sala de aula e tem em Novembro seu ponto alto dividido com a população, que já se acostumou neste período respirar o cheiro das letras e sentir o gosto pela escrita. A VI Semana da Leitura, as edições anteriores e as que virão, não são da gestão, mas da população que entende ao chamamento e vem a público participar”. Salientou ele.

A Solenidade de Abertura ainda contou com apresentações culturais e ao final houve sorteios de diversos livros de autores brasileiros e o repasse da programação geral.


Programação:

Segunda-feira - 26/10
9h – Palestra de abertura, com Gonzaga Rodrigues. Tema: “A presença de Alagoa Nova na Literatura Paraibana” (Local – Colégio Violeta Costa)
14h – Ônibus da leitura (local – Povoado de são Tome)
19:30h – Cine Literário/ Filme: Cine Holliúdy (Local – Praça Santa Ana)

Terça-feira - 27/10
8h – Caravana da leitura com as Escolas da Rede (Local: imediações da Escola)
9h – Ônibus da leitura (Local – Praça Patrício Freire)
14h – Chá Literário dos Avós Grupo Viva a Vida (Local – Moraesão)
15h30 – O mundo mágico do Circo e da Leitura (Local ¬– Circo Águia Dourada)
19h – V Momento Literário (Local ¬– Escola M. Manoel Martins)

Quarta-feira - 28/10
8h – Viajando com Vinicius de Moraes - (Local ¬– Creche Professor Clodomiro Leal)
8h – Caravana da leitura com as Escolas da Rede (Local ¬– imediações da Escola)
8h – Ônibus da leitura (Local ¬– Conjunto Alto do Céu)
15h30 – Caravana da leitura com as Escolas da Rede (Local – imediações da Escola)
15h – Ônibus da leitura (Local – Conjunto Jaime Floro)
19h30 – Noite da Gonzaguiana: cordel com música (Local – Largo da Biblioteca Municipal)

Quinta-feira - 29/10
7h – Exposição “Galeria de Autores” com as Escolas Urbanas (Local – Praça João Tavares)
7h – Exposição “Galeria de Autores” com as Escolas Rurais (Local – sede da Escola)
8h – Cortejo Literário (Praça Pe Ibiapina à Praça João Tavares)
9h – I Desperta Leitor (Local – Escola E. Professor Cardoso)
13h ¬ – Exposição “Galeria de Autores” com as Escolas Rurais (Local – sede da Escola)
13h30 ¬ – I Desperta Leitor (Local – Escola E. Professor Cardoso)
17h – II Chá Literário “Viajando nas crônicas de Gonzaga Rodrigues” (Local – Colégio Violeta Costa)





Marcos Felipe

Editorias: , , , , ,

0 comentários