­

A cidade de Areia chora a morte do radialista Gil Ramos, vítima de acidente

Redação Alagoa Nova Já | 2.10.14 | 0 comentários



Um grave acidente foi registrado na manhã desta quinta-feira (2), no km 65, nas imediações da ponte do Rio Paraíba, na cidade de São Miguel de Taipú, Zona da Mata paraibana. No mesmo local, houve outra colisão. Três pessoas foram socorridas para o Hospital de Trauma da Capital.

Durante a tarde uma das vítimas não resistiu e morreu, o boletim foi divulgado as 17h;00min, trata-se do radialista Gil Ramos, de 39 anos,  da cidade de Areia, ele há mais de vinte era profissional de rádio e de publicidade e propaganda, atuando em emissoras de Areia, atualmente estava a serviço da Rádio Jardim do Brejo de Areia. Gil Ramos, segundo informações estava indo para João Pessoa acompanhado da mãe dele, que está gravemente ferida.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, uma caminhonete Hillux seguia no sentido João Pessoa/Campina Grande, quando o veículo teria invadido a faixa contrária e batido de frente em outro carro, justamente o carro dirigido por Gil Ramos.

Três pessoas ficaram presas entre as ferragens e foram socorridas por profissionais do Samu, Corpo de Bombeiros e resgate da PRF. Os feridos de 39 anos, 41 e 61 anos, foram levados para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa onde foram internados em estado regular. 


De acordo com o inspetor Camelo, a batida entre os dois veículos provocou outro acidente. “Após a colisão entre a caminhonete e o carro, outros dois automóveis colidiram, mas a ocorrência foi de natureza simples”.






Silvanna Ramos com Portal Correio

Editorias: ,

0 comentários