­

Projeto Rio Mamanguape-Fase II Promove Entrega De Melipônias no Assentamento Carrasco

Redação Alagoa Nova Já | 18.6.14 | 0 comentários

Em visita técnica realizada no último dia 30-05-2014 foi realizada a transferência de 20 colmeias de abelhas uruçu para o meliponário do Assentamento Carrasco, localizado na zona rural de Esperança. As referidas colmeias serão distribuídas para 10 meliponicultores daquele assentamento, como também para meliponicultores do município de Matinhas, tão logo, seja implantado o meliponário deste município.

A coordenadorora do projeto, professora Maria José informou que existe um treinamento teórico e prático para capacitação do manejo da abelha. Direcionado para mulheres e homens beneficiados com ações do Projeto Rio Mamanguape-Fase II na região do sitio Carrasco.

“Visando um bom manejo das colmeias, foram tomados todos os cuidados necessários, sendo eles: fechá-las ao anoitecer um dia anterior ao deslocamento para que nenhuma parte do enxame seja perdida; iniciar a transferência ao amanhecer para não estressar as abelhas e diminuir a produção de mel e acomodar em local correto, bem arejado com posicionamento correto em relação às intempéries, como vento chuva, raios solares e interferências humanas”, informou a coordenadora.

O meliponário é o lugar apropriado para hospedar ninhos em caixas racionais. Ao contrário das abelhas africanizadas ou estrangeiras (Apis mellifera), as abelhas sem ferrão podem ser colocadas perto das casas, porque não são perigosas. É necessário que o criador disponha de tempo e paciência necessária, pois a pressa na formação e um desempenho ruim podem condenar à morte toda a colônia.

A Coopacne, com o propósito de proporcionar o melhor desempenho do meliponário já inicia a programação de um curso de capacitação para os beneficiários, voltado para a criação e manejo das abelhas sem ferrão. 

A ação representa mais uma atividade do Projeto Rio Mamanguape-Fase II, que tem o patrocínio da Petrobras, através do Programa Petrobras Socioambiental, executando pela Coopacne.

ASCOM

Editorias: ,

0 comentários