­

Morador de rua suspeito de estuprar deficiente é espancado pela população em Campina Grande

Redação Alagoa Nova Já | 3.6.14 | 0 comentários

Coronel Lívio Delgado, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, informou que homem responde a outro processo por estupro

Um morador de rua foi preso, nessa segunda-feira (2), suspeito de estuprar uma deficiente auditiva e mental no bairro do Tambor, em Campina Grande, no Agreste do estado. Ele foi detido e linchado pela população, segundo informou o coronel Lívio Delgado, comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar.

O coronel disse ao Portal Correio que o homem responde a outro processo por estupro. Segundo consta no relatório do Comando de Policiamento Regional I, um homem ligou para o 190 informando que sua vizinha teria sido estuprada dentro de casa.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e confirmou o estupro. Os familiares foram orientados a formalizar o crime. O coronel informou que o suspeito do crime teria voltado ao local onde foi reconhecido e detido pela população.

“O rapaz chegou a ser espancado pelos moradores, que ficaram revoltados pelo crime. O homem foi detido por populares enquanto algumas pessoas ligaram para o 190 comunicando o caso. Uma guarnição da Rádio Patrulha foi até o local e o prendeu em flagrante. Ele negou que tenha estuprado a mulher”, disse Lívio Delgado.

O homem foi levado para a Central de Polícia Civil de Campina Grande onde será levado para um dos presídios da cidade.



Portal Correio

Editorias:

0 comentários