­

EM ESPERANÇA: quatro homens fazem arrastão no Povoado do Pintado e matam comerciante

Redação Alagoa Nova Já | 2.4.14 | 0 comentários

Momentos de terror foram vividos na noite de hoje(02) por moradores do Povoado Pintado, município de Esperança, distante cerca de 3km da cidade. Quatro homens, ainda não identificados, em duas motocicletas, usando capacetes, invadiram o local e fizeram um arrastão, segundo informações de um dos moradores , que é motorista. O comerciante de 49 anos de idade, Geraldo Diniz da Silva,  acabou sendo morto pelos bandidos. Essa é a quinta morte, somente este ano, no município de Esperança.

Aproximadamente 15 pessoas  conversavam nas calçadas do povoado, quando  foram abordadas pelos homens. Depois de terem sido rendidas, os ladrões começaram a fazer um verdadeiro arrastão no local.  Pertences como: celulares, relógios e dinheiro foram tomados dos moradores, disse o morador que presenciou toda a ação dos bandidos.

Dois assaltantes, relatou o motorista, adentraram na casa do comerciante para roubar. “Eu só ouvi os tiros, foram vários, e quando dois, dos quatro ladrões, saíram apressados da casa do comerciante”, informou o morador.

Ele ainda acrescentou que, enquanto dois assaltantes estavam dentro da casa do comerciante, havia na frente da casa um ladrão em cima de uma motocicleta, dando cobertura. Já um quarto homem estava a cerca de 50 metros da casa da vítima. “Foram momentos de terror, de medo, vividos pelos moradores do povoado”, contou o motorista.

Ao chegarem à casa do comerciante, ele estava caído, perdendo bastante sangue. Ao lado do corpo havia uma faca. Os moradores não souberam informar se o comerciante  chegou a resistir ao assalto. Eles também não souberam dizer se os ladrões levaram alguma coisa da casa da vítima.

Desesperados, moradores do povoado não esperaram a chegada do SAMU. Eles mesmos levaram a vítima para o Hospital Municipal de Esperança. O comerciante já estava sem vida.

Geraldo Diniz era casado e tinha duas filhas adolescente. A polícia ainda não tem informações da autoria do crime.



Fonte: Belarminonoticias.com

Editorias: ,

0 comentários