­

Em Alagoa Nova bandidos arrombam e roubam Agência do Banco do Bradesco

Redação Alagoa Nova Já | 4.2.14 | 0 comentários


Por volta de 1h20 na madrugada desta terça-feira (04), Agência do Banco do Bradesco, que fica localizada na Rua Clementino Leite em Alagoa Nova (Município do brejo paraibano, distante da Capital João Pessoa, 148,6 Km), aconteceu um arrombamento. A explosão foi tão forte que arrombou a porta de um estabelecimento comercial que fica na rua em frente a Agência.

Informações preliminares de populares dão conta de que o assalto ocorreu por volta da 1h20 da madrugada, houve uma grande explosão, e haviam sido pelo menos quatro elementos encapuzados e fortemente armados, que estavam em um veículo Astra de cor  escura, provavelmente Azul, ano 2008/2009.

Em contato com o Soldado Edson, do 10º Batalhão de Polícia Militar, da 2ª Companhia de Esperança, ainda há pouca informação, porém viaturas da PM local e de Esperança já estão em diligência pela região.

Em conversa com os policiais Soldado Brasileiro e Cabo Djael, a PM de Alagoa Nova ao chegar ao local, encontrou a agência arrombada, mas não obtiveram pistas dos bandidos, nem souberam precisar quantos podiam está envolvidos na ação, apenas tem informações desencontradas. E saíram em fuga com destino a Campina Grande.

Segundo a polícia, os bandidos podem ter aproveitado um apagão que houve mais cedo na cidade, o que poderia ter afetado o sistema de segurança da Agência, muito embora na hora do arrombamento o fornecimento de energia elétrica já estava normalizado.

Durante a madrugada várias diligências foram realizadas pela polícia militar, incluindo a Força Tática de Esperança. 

De acordo com o Comandante do Comando Regional de Polícia, Campina Grande(CPR1) Coronel Sobreira, o veículo Vectra de cor escura foi encontrada nas imediações da Barragem Nova Camará. O que leva a crer que os bandidos fugiram em direção a Alagoa Grande(Município também do brejo da Paraíba). Investigações continuam sendo realizadas. Porém até o fechamento desta matéria as 9h da manhã, não se tem nenhuma pista que possa levar aos criminosos. 
 




Marcos Felipe e Silvanna Ramos

Editorias:

0 comentários