­

Polícia recaptura dois presos fugitivos de cadeia de Remígio

Redação | 18.4.13 | 0 comentários


Uma operação do 10º Batalhão da Polícia Militar recapturou em Esperança, nesta quarta-feira (17), dois fugitivos da cadeia pública de Remígio, no Agreste paraibano. Segundo o tenente Floristan, eles tinham fugido da unidade prisional no último dia 8 de abril. A dupla conseguiu sair do local durante o banho de sol, utilizando uma corda feita de lençóis e pulando o muro da cadeia pública.

O homem recapturado de 21 anos, responde por crimes de roubo a postos de combustíveis. Ele foi encontrado no bairro do Catolé, na cidade de Esperança. Segundo a PM, o preso tentou fugir do cerco policial pulando os muros de quatro casas próximas à residência onde estava.

O outro fugitivo de 25 anos foi detido em um matagal, próximo a um clube esportivo em Esperança. A polícia informou que ele responde por crime de latrocínio, roubo seguido de morte. Os dois presos foram recambiados para a cadeia pública de Remígio na manhã desta quinta-feira (18).

A polícia identificou que ele estava em Esperança devido ao aumento no número de crimes na cidade. Uma denúncia anônima levou ao local onde o suspeito se encontrava. “Desde sua fuga da cadeia de Remígio os policiais militares e civis já ficaram em alerta, por ele ter sua área de atuação aqui na cidade de Esperança. Desde então percebemos o aumento do roubo de motocicletas e intensificamos as abordagens. O apoio da população foi imprescindível para tirarmos mais uma vez esse criminoso de circulação", disse o tenente Floristan.

No último dia 8, os dois presos usaram uma corda de pano para fugir. A dupla fugiu a pé e não foi localizada nas buscas iniciais. Segundo a PM, o outro fugitivo tem 25 anos e responde por latrocínio, roubo seguido de morte. Segundo a direção da unidade, a cadeia tem cerca de 50 presos. Uma sindicância interna foi instaurada pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). A secretaria também informou que haverá um remanejamento em várias unidades prisionais do estado.

Insegurança

Esta foi a terceira tentativa de fuga de presos na cadeia pública de Remígio registrada pela polícia nos últimos nove meses. Em 31 de julho de 2012, quatro detentos abriram um buraco na parede de uma das celas, utilizando ferros retirados das camas. Durante a madrugada, eles fugiram e pularam o muro. À época, outros 11 presos estavam na mesma cela e não conseguiram fugir.

Já em 21 de dezembro, 19 presos tentaram fugir da cadeia de Remígio. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), a fuga se daria através de um buraco aberto pelos presos entre a parede da cela e o chão.

Fonte: G1/PB
Foto: Divulgação/Polícia

Editorias:

0 comentários