­

Capitã Anusca do 2º BPM concede entrevista no Programa A Cidade é Notícia

Redação | 6.2.13 | 0 comentários


A Capitã Anusca do 2º Batalhão de Bombeiros Militar de Campina Grande concederá entrevista nesta quinta-feira (07) no Programa A Cidade é Notícia, na Rádio Cidade AM 1310, que vai ar as 11h:30min. apresentado  Silvanna Ramos e Júnior Cézar. A pauta contará de Traumas Domésticos e da Operação Carnaval do 2º BBM.

A idéia de abordar Traumas Domésticos deve-se principalmente pelo número de matérias noticiadas envolvendo crianças, que se tornam vítimas de quedas, inalação ou ingestão de objetos, intoxicação, mordidas de cachorro, queimaduras e afogamentos. Ainda idosos que caem e se machucam, muitas vezes gravemente. O Hospital de Trauma de Campina Grande atendeu 129 crianças por traumas domésticos este ano, cerca de 31% dos 415 atendimentos realizados na área de pediatria da unidade até o último dia 14 de janeiro.

O segundo ponto a ser abordado será a Operação Carnaval 2013 do 2° BBM, que teve seu inicio neste dia 06 e se estenderá até o dia 13. O comandante do 2º Batalhão de Bombeiros Militar, major Lucas Severiano informa que todo o efetivo estará envolvido nas atividades durante os eventos realizados em Campina Grande (encontros dos Espíritas, da Consciência Cristã, da Nova Consciência, e do Crescer, do Carnaval Tradição), nos clubes (Campestre e Caçadores), nos açudes Velho e de Galante e nas cidades de Boqueirão, Aroeiras, Itatuba, Esperança e  Camalaú.

Os militares estarão envolvidos em 229 pontos de cobertura, além das viaturas operacionais (ABT, ABS, AR, AMR, lanchas, botes e jet ski) vão ser utilizadas viaturas administrativas e o ônibus. Não haverá prejuízo para o serviço normal prestado diariamente pelo Corpo de Bombeiros.

Para que a população se mantenha mais próxima dos serviços da corporação há um site onde se pode interagir e ler as postagens do 2° Batalhão de Bombeiros Militar de Campina Grande, acesse: http://www.bombeirosdaborborema.com.br  e para acionar as equipes ligue 190, mas cuidado para não passar trotes, porque é crime e crime tem punições legais previstas no Código Penal Brasileiro.

Silvanna Ramos com www.bombeirosdaborborema.com.br e g1.globo.com/paraiba.

Editorias: ,

0 comentários