­

Empresas paraibanas poderão ser abertas pela internet

Redação | 31.1.13 | 0 comentários


Abrir uma empresa na Paraíba será mais rápido e desburocratizado a partir do segundo semestre deste ano. Atualmente, dependendo do município e do tipo de empresa, a sua abertura pode demorar mais de um mês. Com o novo sistema, esse procedimento levará 48 horas e será feito pela internet. Um passo importante e decisivo para o funcionamento desse processo foi dado na manhã desta quarta-feira (30), com a posse do subcomitê estadual da RedeSim, um sistema que envolve todos os órgãos responsáveis pela legalização de uma empresa.

A Rede Nacional para Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios – RedeSim – faz parte de um programa nacional que permite a abertura, fechamento e legalização de empresas, simplificando e reduzindo a burocracia nos registros, inscrições, licitações, autorizações e baixa dos empreendimentos, através de uma única entrada de dados, acessados pela internet.

“Essa é uma excelente notícia para nosso Estado no início deste ano. A Paraíba está saindo na frente, facilitando a vida do empresário e criando um ambiente favorável para o desenvolvimento da nossa economia. Ainda neste ano, não haverá mais um dos gargalos da economia, ou seja, toda aquela burocracia para abrir e fechar uma empresa”, ressaltou o superintendente do Sebrae Paraíba, Júlio Rafael, e um dos 17 membros do Subcomitê gestor estadual da RedeSim.

O Presidente da Junta Comercial da Paraíba e coordenador do subcomitê, Aderaldo Gonçalves, destacou que a posse dos membros foi o pontapé inicial para a implantação do sistema integrador estadual, que será a base de dados da rede. “Esperamos que em abril esse integrador já esteja funcionando, para que no segundo semestre as empresas já possam ser abertas por esse sistema”, afirmou Aderaldo. Segundo ele, poucos estados já estão com a RedeSim em funcionamento, como Alagoas, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e duas cidades de Pernambuco.

Para o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba e presidente do subcomitê, Renato Feliciano, a RedeSim irá revolucionar o sistema de abertura de empresas. “Esse dinamismo irá gerar um crescimento no número de empresas no Estado, o que aumentará a quantidade de novos empregos e desenvolverá nossa economia”, disse o secretário.

Subcomitê Estadual Gestor da RedeSim

A posse do subcomitê gestor foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (30). Os 17 membros titulares e 17 suplentes tomaram posse pela manhã, no hotel Littoral, em João Pessoa. No dia 14 de dezembro, o governador do Estado, Ricardo Coutinho, através do Decreto n° 33.611, instituiu o Subcomitê Estadual para Gestão da RedeSim.

Os 17 órgãos que fazem parte são: Secretaria de Estado de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Junta Comercial da Paraíba (Jucep), Sebrae Paraíba, Secretaria de Estado da Receita, Secretaria de Estado da Administração, Secretaria de Estado da Saúde, Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), Agência Estadual de Vigilância Sanitária (Agevisa), Corpo de Bombeiros, Delegacia da Receita Federal do Brasil na Paraíba, Secretaria de Finanças da Prefeitura de João Pessoa, Secretaria de Planejamento de João Pessoa, Federação da Assoicação dos Municípios da Paraíba (Famup), Federação das Entidades de Micro e Pequenas Empresas e Empresas de Pequeno Porte, Federação das Associações Comerciais, Sindicato das Empresas de serviços contábeis.



Fonte: SECOM

Editorias:

0 comentários