­

Polícia prende suspeitos de roubos e sequestros-relâmpago na Paraíba

Redação | 30.11.12 | 0 comentários

Quatro homens foram presos na manhã desta sexta-feira (30) em Campina Grande, suspeitos de praticar roubos e sequestros-relâmpago nas últimas semanas na região do Agreste paraibano. De acordo com o delegado Henry Fábio, os detalhes da operação serão apresentados às 16h (horário local) na sede da 2ª Delegacia Regional da Polícia Civil de Campina Grande.

Segundo o delegado de roubos e furtos, os homens são suspeitos de pelo menos quatro crimes registrados este ano, todos na região do Agreste paraibano. Outras ações ainda estão sendo apuradas no inquérito.

“Os sequestros-relâmpago de um professor e de uma comerciante e o roubo em uma residência em Campina Grande já estão confirmados, além de um ataque a banco em Soledade. São as ações que já descobrimos. Estamos ainda colhendo os depoimentos deles e apurando outros possíveis crimes”, informou o delegado Henry Fábio.

Uma comerciante de 45 anos foi vítima de um sequestro-relâmpago na noite do dia 25 de novembro, em Campina Grande. Segundo a Central de Operações da Polícia Militar (Copom), a vítima passou mais de cinco horas refém dos criminosos. A mulher foi abordada às margens do Açude Velho, no Centro da cidade, e libertada apenas na madrugada de segunda-feira (26), na avenida Manoel Tavares, no bairro do Alto Branco. Os homens fugiram com o dinheiro e o veículo da comerciante.

Um professor de 34 anos foi espancado durante um sequestro-relâmpago em Campina Grande na noite do dia 21 de novembro. O médico que atendeu o professor no Hospital de Trauma da cidade explicou que o paciente sofreu fraturas na face. Os criminosos fugiram levando o carro da vítima.


Fonte: G1/PB
Imagem: Internet

Editorias:

0 comentários