­

Alagoa Nova, cidade do brejo paraibano teve sua madrugada de hoje (03/11) movimentada. Por volta das 3h30min, a Polícia Militar(2ª Cia) fazia a costumeira ronda da madrugada quando deparou-se na Rua Odilon Lima com um individuo em atitude suspeita, portando uma espingarda calibre 12. 

De pronto os PMs deram voz de prisão, que foi desobedecida pelo individuo, a PM fez disparos de alerta, mesmo assim o suspeito não obdeceu. No local ele deixou uma moto Broz de placa QFO 5236, com restrição de roubo, que estava na pose dele, o mesmo correu em direção ao Conjunto Jaime Floro Ramos e evadiu-se, fugindo da perseguição da Polícia.

O alvo do individuo seria um comerciante de hortaliças e frutas da Rua Odilon Lima, que no momento da atividade do individuo e coincidentemente da ronda da madrugada da PM estava retirando um veículo da garagem para se dirigir a Empasa em Campina Grande e não fosse a presença da PM teria sido assaltado.


Após o susto o comerciante(que preferiu não se identificar) seguiu viagem e os policiais militares empreenderam em diligência. Por volta das 6h da manhã a diligência teve êxito devido a informações de populares que ligaram para o 190, logo os policiais militares, sargento Geovane e soldado Jeferson Luna, além do agente da polícia civil Marcos Cabral, seguiram até o local indicado e se depararam com Alcenir Marques Pereira, de 25 anos, morador do Sítio Geraldo de Alagoa Nova e que já tem inúmeras passagens pela polícia com acusações de furto e roubo na região.
Alcenir, mais conhecido como Galego ou Nelore ainda estava de posse da espingarda calibre 12 municiada, não houve resistência a prisão. 

Por está ferido no pé, por causa de um corte sofrido na fuga da madrugada, por um objeto não identificado, Alcenir foi conduzido pelos policiais ao Hospital Municipal Sofia de Castro Costa para os procedimentos necessários e a seguir foi encaminhado a Delegacia de Polícia local, onde deverá ser ouvido pelo Delegado Mallon Cassemiro e de acordo com os fatos ficará na Cadeia Pública a disposição da justiça.



Por: Silvanna Ramos com informações da PM de Alagoa Nova  

Nenhuma descrição de foto disponível.
“A Secretaria Municipal de Saúde, vem a público prestar informações e esclarecimentos à população alagoa-novense, às autoridades e à Imprensa, em virtude de notícias veiculadas na mídia sobre o falecimento de três crianças, tendo sido duas do Município de Alagoa Nova e uma moradora no Município de Areia, e que por razão de proximidade faz diversos atendimentos em Alagoa Nova, inclusive de saúde.O primeiro caso ocorreu no dia 12/03/2019, quando  deu entrada na Unidade Municipal Hospitalar Sofia de Castro Costa,  Mateus Muniz Albino Ricardo, de 05 anos de idade, segundo a ficha de atendimento hospitalar, preenchida de acordo com informações da mãe do menor, que naquele momento o acompanhava, ele estava apresentando sintomas de febre, vômito e diarreia. O médico de plantão fez o primeiro atendimento e diagnosticando como um caso mais sério e grave do que aparentava, fez a regulação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência(SAMU), que levou o paciente com destino para o Hospital de Trauma em Campina Grande, por se tratar de caso de extrema gravidade a Unidade de Serviços Avançados em Saúde(USA) foi acionada e fez a interceptação no Floriano, mas infelizmente, mesmo com o esforço de duas equipes médicas a criança veio a óbito nas proximidades da cidade de Lagoa Seca, chegando já sem vida ao Hospital Estadual de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes de Campina Grande. O laudo médico apontou: Desidratação profunda, Diarréia e Herpes Sortis, um conjunto de fatos determinantes para a parada cardiorrespiratória, levando Mateus Muniz a morte.

O segundo caso ocorreu no dia 29/03/2019 e diz respeito a menor Yara Vitória, de 02 anos de idade, residente do Município de Areia, com familiares que residem em Alagoa Nova, de acordo com a ficha de atendimento do Hospital Municipal Sofia de Castro Costa, a mãe da criança, relatou que a menor estava com diarréia e vômito, além de febre. O médico do plantão avaliou o quadro e decidiu regular a paciente para o Hospital de Trauma em Campina Grande, pois o quadro inspirava cuidados específicos, a menor foi conduzida pelo SAMU. Informações preliminares de diagnóstico clínico dão conta que Yara Vitória poderia estar com Meningite, essas informações não foram comprovadas ainda pelo Hospital de Trauma, repetimos, não há até o momento laudo comprobatório, apenas um diagnóstico clínico! A Secretaria de Saúde do Município de Alagoa através da equipe do Hospital Municipal Sofia de Castro Costa  executou todo protocolo e profilaxia nos profissionais de saúde e pessoas que mantiveram contato com a criança, a Coordenação de Vigilância Epidemiológica de imediato acionou a Secretaria de Saúde do Município de Areia, assim que foi confirmado a localização residencial, entretanto apesar da residência ser em outro município os profissionais de saúde de Alagoa Nova prestaram toda assistência e continuarão a fazer e vem dando apoio ao Município  de Areia para o que for necessário para o esclarecimento dos fatos.

O terceiro caso ocorreu no início da noite de ontem, 02/04/2019, tratando-se de José Miguel, de 02 anos, morador do Sítio Cajueiro de Alagoa Nova, o menor acompanhado da mãe deu entrada no Hospital Municipal Sofia de Castro Costa, na metade da tarde, segundo a mãe, Miguel estava com o abdome bastante saliente, sentia dores, fadiga e perdia um líquido escuro. O médico do plantão fez uma avaliação preliminar e constatou a urgência para um possível procedimento cirúrgico, regulou o paciente para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Tendo sido acionado o SAMU, o menor deu entrada no Trauma e tendo feito exames de urgência, foi descartada a possibilidade de Meningite, no entanto, se verificou a necessidade de um procedimento cirúrgico imediato, todavia dada a situação que o paciente chegou, lamentavelmente não resistiu, vindo a óbito nas primeiras horas da noite. O cirurgião não atestou a causa mortis, mas constatou obstrução intestinal com acúmulo de fezes, em seguida solicitou que o corpo fosse encaminhado para o Serviço de Verificação de Óbitos(SVO) em João Pessoa, para dirimir quaisquer dúvidas no laudo cadavérico.

O que se vê, de acordo com as informações elencadas, são 03 casos, cada um com causa diferente, sem correlação, devendo ser tratados de forma isoladas, dissociados e com especificações peculiares próprias. Comprovamos uma triste e lamentável coincidência, que causou a infelicidade dos familiares, dos amigos e de todo o Município. Em momento algum a Secretaria Municipal de Saúde se negou a esclarecer os fatos, apenas buscava de forma responsável e séria coletar dados para trazer à tona a informação correta e necessária, como faz no momento. Além disso, se deixa aberta para quaisquer esclarecimentos e solicita que todos se mantenham unidos e calmos para dá forças as famílias que perderam seus filhos queridos. No tocante ao Município, o apoio necessário está sendo dado. Ainda pedimos encarecidamente que pessoas sem noção do que está acontecendo evitem espalhar fatos inverídicos, especulações, conjecturas e alardes falsos, isso machuca as famílias dessas crianças e causa pânico na população. Todos nós estamos de luto, solidários as famílias e mantendo o nosso compromisso de cuidar de nossos munícipes.”



ASCOM

Uma das preocupações de todos nós, é chegar a terceira idade com bastante saúde e disposição para poder descansar e aproveitar a vida de forma mais tranquila. Mas quem imagina passar dos 100 anos? Foi o que aconteceu com o senhor Luís Venâncio. Natural de Pilões, veio morar em Alagoa Nova ainda quando criança junto da família. Filho de Venâncio Alves de Souza e Minervina Maria da Conceição, Luís nasceu no dia 26/02/1913. De uma família de 5 irmãos, ele contou um pouco da sua infância de muito trabalho: “A gente trabalhava no engenho macaíba de Luís Melo na produção de rapadura e em outras coisas que mandassem a gente fazer. Era um tempo muito difícil porque mesmo com fome a gente tinha que trabalhar”, afirma Luís, que também disse que o segredo para viver tanto tempo é trabalhar bastante: “o segredo de chegar a essa idade foi trabalhar muito. Hoje em dia as pessoas não tem mais a mesma vontade de trabalhar como a gente tinha antigamente”. 


Luís passou a maior parte da sua vida morando na zona rural e sempre trabalhando para donos de engenho, e assim construiu a sua família. Casou-se com Helena e com com ela teve 5 filhos. Marilda, uma das filhas e que atualmente cuida de Luís, lembra com carinho o pai dócil e amoroso que ele foi: “Pai sempre foi muito dócil e amoroso, nunca bateu na gente, mãe Helena era quem de vez em quando dava uma surra na gente, e eu sempre corria pra me esconder no partido de cana porque quando pai voltava do trabalho ele me levava de volta e não deixava ela bater na gente. Quando ele me via lá no partido já sabia que eu estava me escondendo de mãe”. Assim como o pai, Marilda também teve uma infância de muito trabalho no sitio Pau D’arco: “Seu Celestino era o dona das terras de onde a gente morava, e ele sempre colocava os filhos dos trabalhadores dele pra trabalhar também, mesmo se a gente estivesse doente tinha que ir de todo jeito porque senão ele colocava a gente pra fora das terras dele. Eu dei graças a Deus quando me casei com 19 anos e não precisei mais trabalhar” 

Apesar da idade, a memória de Luís é muito boa, e ele lembra com clareza de muitas histórias, uma delas, a queda da torre da igreja de Santa Ana, padroeira de Alagoa Nova, onde ele trabalhou na reconstrução da torre: “Trabalhei na reconstrução da torre da igreja, e no tempo era padre Borges que comandava. Eu ia na lagoa pegar terra e trazia pra igreja. Na hora do almoço a gente comia bacalhau com farinha.”  

O aniversário de Luís foi no último dia 26 de fevereiro, mas a comemoração aconteceu no último domingo, dia 3, e reuniu a família e amigos em grande festa.  

Parte da família de Luis reunida,  para comemorar os 106 anos dele 

Não só é a idade de seu Luís que chama a atenção. Ele também tem uma família grande, composta por 11 netos, 20 bisnetos e 12 tataranetos. Rodrigo, de 37 anos, é um dos bisnetos de Luís, e conta o carinho que tem pelo avó: “Ele é muito tranquilo, uma pessoa boa de lidar. Comecei a conviver com ele quando eu tinha 20 anos e hoje em dia considero ele como o meu segundo pai” 

Quando perguntando do que mais sentia saudade, seu Luís respondeu que sente falta dos amigos e da família. Um de seus passa tempo preferidos, é sentar na calçada para acompanhar o dia a dia das pessoas. Além disso, seu Luís faz questão de cuidar de suas finanças, sabendo até o dia certo de retirar o dinheiro no banco. A sua saúde é boa, tendo apenas um problema na audição que começou no ano passado. 

Por: Rafaela Lima
Na tarde dessa terça-feira(19/02), uma ação conjunta das Policias Militar e Civil, 15º BPM e 12ª DSPC, respectivamente, prendeu Adriana Gomes, de 43 anos, moradora da Comunidade Mazagão, ela é acusada de ter desferido um golpe de faca no próprio amigo, Luís Alberto da Silva, Mussamba, como era conhecido, de 42 anos de idade, morador da Rua Manoel Tavares. 


ENTENDA O CRIME

Segundo informações da Polícia, na noite do último domingo(17/02), por volta das 21h, a acusada Adriana Gomes e a vítima Luís Alberto da Silva, como de costume, estavam em um bar localizado nas proximidades do Cemitério no início da Rua Antunes Brandão, no Bairro Santa Luzia em Alagoa Nova, em dado momento houve uma discussão entre ambos e Adriana armou-se com uma faca e golpeou o conhecido Mussamba que se defendeu com o braço.


De acordo com informações de populares, após o crime, Adriana apontada como acusada de ferir Mussamba evadiu-se do local, já a vítima ainda caminhou até a própria casa, nas proximidades do local do ocorrido, deixando um rastro de sangue pelas ruas. Ele caiu na porta de casa, vizinhos tentaram socorre-lo, ainda acionaram o SAMU, mas constaram que ele estava sem vida. Em seguida comunicaram a polícia, que preservou o local até a chegada do GEMOL. Diligências foram realizadas, todavia a acusada não foi encontrada.


O desfecho ocorreu nesta terça com a prisão da acusada Adriana Gomes, que no momento se encontra a disposição da justiça.






Com a Nova Tv Web e Blog do Márcio Rangel, Silvanna Ramos



O detento Matusael Coelho dos Santos de 26 anos, preso chegado há dois dias no Presídio Padrão de Cajazeiras,e que havia sido transferido da cadeia pública da cidade de Esperança, ambas na PB, cometeu suicídio por meio de enforcamento na manhã de hoje(15/02).
O Instituto de Polícia Cientifica(IPC) e o delegado local foram acionados para realização das medidas cabíveis.O corpo estava pendurado por um lençol quando foi encontrado pelos agentes do Presídio Padrão. 
A direção informou que o detento tinha chegado há dois dias e estava no isolado para adaptação ou reconhecimento onde se encontrava sozinho no momento do atentado contra a própria vida.
Matusael Coelho dos Santos respondia um crime de homicídio contra um adolescente de 14 anos ocorrido em Novembro de 2014. O crime aconteceu na noite de 09 de novembro de 2014 na zona rural de São Sebastião de Lagoa de Roça.
Matusael Coelho dos Santos, foi julgado no Fórum Samuel Duarte, em Esperança(12/07/2017), que durou quase 12 horas. Ao acusado tendo sido constatado a autoria do crime por Matusael, lhe foi imposta uma sentença condenatória, com pena de 18 anos e 09 meses de reclusão pela morte do adolescente Lucas Jardelino. 
A justiça naquele momento foi feita, até que nas primeiras horas da manhã de hoje o condenado resolveu praticar suicídio. 
Relembre o caso:
O crime contra a vida do adolescente ocorreu em 11 de novembro de 2014, quando  Matusael Coelho dos Santos, de 24 anos na época, matou o estudante Lucas Jardelino Ferreira, de 14 anos. O adolescente foi morto com um profundo golpe de faca no peito.
A morte de Lucas (Lucas de “Nelson da Barraca”) ocorreu por volta das 20h00 de 09 de novembro/2014 na zona rural de São Sebastião de Lagoa de Roça quando havia saído de um bar. O garoto não bebia, nem fumava e estava no estabelecimento apenas acompanhando amigos.
Segundo informações desses amigos, sem nenhuma discussão, o acusado entrou no bar e deu um tapa no rosto do estudante, que não revidou. Matusael então “convidou” a vítima para acompanhá-lo para fora do bar, mas não foi atendido. 
Minutos depois Lucas decidiu ir para casa. Na porta do bar o Matusael esperava o adolescente e desferiu um único golpe profundo de faca na altura do peito esquerdo. Ele foi socorrido para o Hospital Municipal Sofia de Castro em Alagoa Nova, mas devido à gravidade não resistiu a gravidade do ferimento.
O acusado fugiu, mas por volta das 21h30 perambulava no centro da cidade e acabou reconhecido. Cerca de dez pessoas decidiram fazer justiça com as próprias mãos. 
Por pouco não lincharam Matusael que foi espancado, atropelado  e baleado. A Polícia Militar interviu e evitou o linchamento. Ele foi atendido no Hospital da cidade e transferido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, sem risco de morte. Depois da recuperação, ele foi preso, enquanto aguardava o julgamento. 
O suicídio de Matusael Coelho está sendo o assunto do dia mais comentado em Alagoa Nova.

Por: Silvanna Ramos
A semana começou movimentada, nesta segunda-feira(22/10), a cidade de Alagoa Nova, despertou com a notícia de um arrombamento na Prefeitura Municipal.

Ao que parece, como algumas pessoas relataram, "que viram a janela quebrada e manchas de sangue na parede lateral". Exatamente a parede da Secretaria de Educação, que tem acesso pela Travessa Josafha Souza, dividido por um portão de ferro de altura considerável.


A Secretária da Educação, Professora Duvanil Nery(Teté), foi informada por populares, por volta das 6h30min, que houve um arrombamento na Prefeitura, e que dizia respeito a sua sala. Ela de imediato convidou o advogado Dr. Wallace Ozires para verificar pela parte de fora, e este tratou de comunicar o fato as Polícias Civil e Militar, tratando também de informar a população pelas ondas da Rádio pirauá FM local, no Programa Sala de Notícias da comunicadora e também Secretária de Planejamento e Turismo e Meio Ambiente, Silvanna Ramos. 


Neste momento, o Secretário de Administração, Alberto Bonifácio, comunicou que haviam sido furtados da sala da educação um Notebook, que muitos papeis foram revirados, que diversas gavetas de birôs foram arrombadas e algumas palavras foram escritas em algumas mesas. A Polícia Civil no momento, faz analise de câmera de segurança de dois estabelecimentos comerciais vizinhos ao prédio, assim como das manchas de sangue encontradas no local. Ainda não há nenhuma informação sobre quem poderia ser suspeito da ação criminosa. Quando do ocorrido não havia vigilante.

A Secretária de Educação, professora Duvanil Nery, lamenta e diz "apesar dos nossos esforços, temos tido muitos problemas com arrombamentos, nossas escolas tem sido alvo constante, levam a merenda escolar, botijão de gás e equipamentos eletro-eletrônicos. Em alguns casos derramam água, quebram portas, danificam as escolas. Já houveram casos de que escolas que estavam sendo pintadas ter a tinta derramada dentro das salas, das geladeiras, fogão e freezers, o que além do furto, também é vandalismo. Tememos até pela vida de nossos vigilantes, alguns já não desejam mais fazer vigilância. O Município não pode ficar arcando com tamanho prejuízo, pois no fim, perdemos todos". Disse ela.

O prefeito Aquino Leite, suspendeu no dia de hoje as atividades da sede, onde ocorreu o fato. E disse está em busca da resolução desses casos que se tornaram rotina na cidade, "é inadmissível que ainda não tenhamos, apesar dos registros já feitos, um só suspeito. Pedimos a colaboração da Polícia Civil e Militar, mas também das pessoa, pois esses produtos que são furtados, provavelmente são comercializados a baixíssimo preços na cidade mesmo. Se as pessoas não colaborarem, os casos tentem a aumentar. Aliás, tem sido uma constante a onda de arrombamentos, escolas, de residências, de estabelecimentos comerciais e agora a prefeitura".  Frisou ele.

Com esse o número de arrombamentos nos prédios públicos, especialmente escolas na zona urbana e rural, já chegam a quase 30. Todos com as devidas providencias tomadas, com relação ao registro de Boletim de Ocorrência. Para que as Policia Civil e Militar fizessem o seus trabalhos sem interferências.


Silvanna Ramos


 A manhã deste Sábado(20/10) teve sua rotina quebrada com a notícia de mais um assassinato na cidade de Alagoa Nova(PB). Trata-se desta vez da morte de Marcelo do Amaral, de 19 anos, que ocorreu por volta das 9h:30min, no Bairro do Cruzeiro.

Segundo informações extra-oficiais, Marcelo estava na residencia dos pais, na Rua José Robson Cardoso(Por trás do complexo de oficinas mecânicas) , no Bairro do Cruzeiro, em Alagoa Nova. A vítima foi chamada por alguém, e foi atender a porta, ao sair de dentro de casa, uma pessoa ainda não identificada, atirou três vezes, os disparos acertaram a cabeça de Marcelo. A pessoa que atirou se evadiu do local e não se sabe que destino tomou. 

Familiares e vizinhos de Marcelo do Amaral, acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e a Polícia Militar. O SAMU prestou os primeiros socorros, a equipe removeu a vítima para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, porém, Marcelo do Amaral já chegou sem vida a unidade médica.

A Polícia Militar pegou as primeiras informações, e o caso agora passa a ser investigado pela 12ª Delegacia de Polícia Civil da Paraíba(Em sendo final de semana, o plantão é centralizado e passa a ser investigado por Esperança).

O Agente da Polícia Civil, Cabral, disse que "Marcelo do Amaral, recentemente saiu da cadeia local, onde estava preso por cometer roubos e furtos, ele teria envolvimento com uma das quadrilhas criminosas de Alagoa Nova, que tem aterrorizado a cidade e a região". 

Marcelo do Amaral, era filho de um casal de recicladores da cidade, que infelizmente presenciaram o crime. 

Neste mês de Outubro, Alagoa Nova já registra o segundo homicídio. A população do Município anda bastante assustada com a constante onda de furtos, assaltos, latrocínios e pede providências. Inclusive a cidade montou o Conselho de Segurança, para buscar agilizar os serviços de seguranças. A 2ª Cia de Polícia Militar fica na cidade, mas igual qualquer Município da Paraíba, trabalha com efetivo insatisfatório. E a Delegacia de Polícia da cidade está abarrotada de casos na linha de investigação.


Silvanna Ramos



CÂNCER DE MAMA E O OUTUBRO ROSA


O câncer de mama é um tumor maligno que se desenvolve na mama como consequência de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente. Ocorre o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários.

Esse é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo, sendo 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes pela doença por ano, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS). A proporção em homens e mulheres é de 1:100 - ou seja, para cada 100 mulheres com câncer de mama, um homem terá a doença. No Brasil, o Ministério da Saúde estima 52.680 casos novos em um ano, com um risco estimado de 52 casos a cada 100 mil mulheres.

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Mastologia, cerca de uma a cada 12 mulheres terão um tumor nas mamas até os 90 anos de idade. Segundo o INCA, é que represente, em 2016, 28,1% do total dos cânceres da mulher.

O número de casos de câncer em toda a Paraíba deve chegar a 6,2 mil este ano, segundo uma estimativa feita pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). O levantamento mostra que a maior parte das vítimas de câncer no Estado devem ser mulheres, como cerca de 3.120 casos, e os homens somam 3.100. Entre o sexo feminino, o maior problema envolve o câncer na mama (25,6%) e entre os homens o problema aparece com mais frequência na próstata (33,5%).  Além do câncer de mama, as mulheres também sofrem com casos exclusivos de câncer no útero, com 330 (10,5%) casos, 90 (2,8%) de ovário, e no corpo do útero com 100 (3,2%) casos, este ano, conforme a estimativa do Inca.

As complicações comuns entre os dois gêneros incluem casos de câncer na traqueia, brônquio, pulmão, cólon, reto, estômago, cavidade oral, laringe, bexiga, esôfago, linfoma, glândula tireoide, sistema nervoso central, leucemia e de pele melanoma. Ainda segundo o Inca, existem casos de câncer de pele não melanoma que somam números altos, estimados para este ano. Este tipo de câncer deve atingir 1.010 homens e 1.020 mulheres, na Paraíba.

O estudo feito pelo instituto ainda mostra um percentual de 0 a 160 de taxa bruta, em valores a cada 100 mil habitantes, na incidência de casos entre homens e mulheres. Nesta escala, os números de câncer de próstata lideram para o sexo masculino com um índice de 54,49. Entre os casos do sexo feminino, o câncer de mama tem a proporção de 39,50  a cada 100 mil habitantes.

REDE DE ATENDIMENTO
Na rede de atendimento, a Paraíba conta com duas instituições de saúde de referência para o tratamento de câncer em dois dos 223 municípios. Em João Pessoa, o Hospital Napoleão Laureano, e em Campina Grande o Hospital da Fundação Assistencial da Paraíba (FAP).

Além dos órgãos de saúde, alguns paraibanos com câncer contam com o apoio de instituições filantrópicas. Um exemplo é a Associação Esperança e Vida (AEV), que tem filiais em João Pessoa e Campina Grande, atendendo pessoas das cidades sedes e municípios vizinhos. Elas atendem pacientes em situação de vulnerabilidade social, com pagamento de tratamentos e assistência médica, psicológica e jurídica.

A AEV João Pessoa, na capital paraibana, ajuda 76 usuários, sendo a maioria mulheres com câncer de mama. Já em Campina Grande, a AEV, atende 93 pessoas na região, onde a maior parte dos pacientes assistidos é do sexo feminino também com câncer de mama. A unidade de Campina Grande também é referencia para as outras cidades do Agreste e por isso tem uma demanda maior que a de João Pessoa.

A AEV não tem fins lucrativos e todas as ações são custeadas através de doações voluntárias, que podem ser feitas através do setor de telemarketing, ou em um plano de doação mensal voluntário que é recolhido por mensageiros (motociclistas da associação que realizam as visitas domiciliares). 

Da mesma maneira em Campina Grande atua a ONG Mulheres de Peito, que vai às cidades do entorno e faz promoção de Dia D da Prevenção de câncer de mama. Nesse dia são realizadas Consulta médica, Alto exames, Aferição de pressão, Teste de glicemia, Cortes de cabelo, Exame de tripagem sanguínea. Há também de vendas de artesanatos,  em prol dos atendimentos das usuárias da ONG.

SINTOMAS DE CÂNCER DE MAMA
Os sintomas do câncer de mama variam conforme o tamanho e estágio do tumor. A maioria dos tumores da mama, quando iniciais, não apresenta sintomas.
Caso o tumor já esteja perceptível ao toque do dedo, é sinal de que ele tem cerca de 1 cm³ - o que já é uma lesão muito grande. Por isso é importante fazer os exames preventivos (como a mamografia) na idade adequada, antes do aparecimento deste e de qualquer outro sintoma do câncer de mama.

    Foto: Getty Images

Veja os outros sinais possíveis do câncer de mama:
Vermelhidão na pele, inchaço ou calor
Alterações no formato dos mamilos e das mamas, principalmente as alterações recentes, é possível até que uma mama fique diferente da outra
Nódulos na axila
Secreção escura saindo pelo mamilo
Pele enrugada, como uma casca de laranja
Em estágios avançados, a mama pode abrir uma ferida.

DIAGNÓSTICO DE CÂNCER DE MAMA
Além da mamografia, ressonância magnética, ecografia e outros exames de imagem que podem ser feitos para identificar uma alteração suspeita de câncer de mama, é necessário fazer uma biópsia do tecido coletado da mama. Nesse material da biópsia é que a equipe médica identifica se as células são tumorosas ou não. Caso seja feito o diagnóstico, os médicos irão fazer o estudo dos receptores hormonais para saber se aquele tumor expressa algum ou não, além de sua classificação histológica. O tratamento vai ser determinado pela presença ou ausência desses receptores na célula maligna, bem como o prognóstico do paciente.

SOBRE OUTUBRO ROSA
O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama. A história do Outubro Rosa remonta à última década do século 20, quando o laço cor-de-rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990 e, desde então, promovida anualmente na cidade. 

No Brasil, o primeiro sinal de simpatia pelo movimento aconteceu em outubro de 2002, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também chamado de Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminado de rosa. Em outubro de 2008, o movimento ganhou força e várias cidades brasileiras foram iluminadas como uma forma de chamar a atenção para a saúde da mulher.


Silvanna Ramos com:

http://www.inca.gov.br/outubro-rosa/cancer-mama.as

phttps://www.minhavida.com.br/saude/temas/cancer-de-mama

http://g1.globo.com/pb/paraiba/noticia/2016/04/inca-estima-que-paraiba-tenha-62-mil-casos-de-cancer-ao-longo-deste-ano.html

https://juforin.jusbrasil.com.br/artigos/240711350/como-surgiu-o-outubro-rosa



Alagoa Nova/PB, entra em campo Contra Acidentes de Trabalho, faz parceria com o (CESREST-CG) e lança as Campanhas Abril Verde e Maio Amarelo. 

O Fórum sobre saúde do trabalhador, contará com atividades tais como: caminhada, palestras, exposição de material voltado à saúde do trabalhador, adesivagem, lançamentos do Projeto Valorizar Gari e do cordel “Acidentes de trabalho e de trajeto”, estão entre as atividades que serão realizadas em Campina Grande e no município de Alagoa Nova/PB. Outros oito municípios da 2ª Macrorregião de Saúde da Paraíba também serão contemplados com as ações da Campanha Abril Verde e Maio Amarelo, de prevenção e combate a acidentes de trabalho e doenças laborais.

Em Alagoa Nova, a programação será iniciada nesta sexta-feira(06/04), no Centro Artesanal Raimundo Asfora, das 7 às 13 horas, onde serão oferecidos testes de glicemia capilar, aferição de pressão arterial, distribuição de preservativos, testes rápidos, corte de cabelos, vacinação contra tétano e hepatite, além de demonstração de higiene e prevenção de doença bucal.

O CEREST-CG, idealizador do Projeto Valorizar Gari e principal parceiro das ações no Município, participará da programação desta sexta-feira, com uma palestra envolvendo informações sobre acidentes de trabalho, importância do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e a funcionalidade do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador. À frente da palestra, o engenheiro de segurança, Artur César Sartori e o técnico de segurança, Rafael Silva. A programação no Município será encerrada no dia 19 do corrente mês.

PREFEITO AQUINO GARANTIU LOGÍSTICA PARA REALIZAÇÃO DO PROJETO

O prefeito Aquino Leite, que participou de várias reuniões com os parceiros do Abril Verde e Maio Amarelo, na sede do CEREST-CG, assumiu o compromisso de executar no seu Município, o Projeto Valorizar, numa demonstração de que a Prefeitura local está preocupada com a saúde do trabalhador, principalmente a categoria de limpeza urbana, que desenvolve atividades vulneráveis.

“Esta campanha vem despertar a preocupação do Município quanto à problemática envolvendo à saúde dos trabalhadores/garis e os demais profissionais, uma vez que as ações serão disseminadas com toda a sociedade, numa perspectiva de que possamos fazer um trabalho mais consistente de prevenção e promoção à saúde destes trabalhadores”, enfatizou o prefeito.

Durante as reuniões no CEREST-CG, inclusive coordenadas pelos procuradores do MPT – Ministério Público do Trabalho, Raulino Maracajá e Marcela Maia, além da coordenadora da unidade de saúde do Trabalhador, Anna Karla Souto Maior, o prefeito Aquino Leite demonstrou preocupação com a situação dos trabalhadores, entretanto, disse encontrar dificuldades em oferecer melhores condições de trabalho à categoria, em função das delimitações financeiras do Município.

O Prefeito, que recebeu total apoio da coordenadora do CEREST-CG, para a adesão do Projeto Valorizar Gari, disse que, apesar das dificuldades mencionadas, o Município se sente ainda mais motivado para por em prática as ações sugeridas. E para acompanhar o trabalho durante toda campanha na cidade, estará a disposição a Técnica em Segurança do Trabalho Jéssica Marcelino da Silva. 

Os municípios que aderiram à Campanha são: Monteiro, Alagoa Nova, Alagoa Grande, Lagoa Seca, Cuité, Areia, Esperança e Cubati, Queimadas, além de Campina Grande. A programação na 2ª Macrorregião da Paraíba, foi definida após várias reuniões com os gestores e parceiros, coordenadas pelos Procuradores Raulino Maracajá e Marcela Asfóra, do MPT - Ministério Público do Trabalho.

Campina Grande - A programação local foi iniciada no dia 03 de abril, com uma sessão especial na Câmara de Vereadores para a sanção da lei municipal que instituiu a Campanha Abril Verde de prevenção a acidentes de trabalho e doenças ocupacionais no âmbito do município.


ASCOM – CEREST-C

Resultado de imagem para CORREIOS  em ALAGOA NOVA

EM ALAGOA NOVA
A Agência dos Correios da cidade de Alagoa Nova, no Brejo paraibano foi alvo de ação criminosa na tarde desta segunda-feira(02/04). A ação criminosa aconteceu um pouco antes das 15h. Os funcionários viveram momentos de terror no interior da Agência.
Segundo testemunhas, dois homens armados entraram na Agência e anunciaram o assalto. Eles levaram o dinheiro do caixa.

Após a ação, os bandidos atiraram em direção a um rapaz que passava pelo local, o tiro não o acertou. Os criminosos fugiram em duas motos e tomaram destino ignorado. Nenhum suspeito de ter praticado o crime foi identificado até o fechamento desta matéria. Nem há informações sobre o valor levado.



AINDA EM ALAGOA NOVA

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Ladrões aproveitam o feriado prologando para furtar a Escola Municipa Menino Jesus, que fica no Centro da cidade. 
Hoje pela manhã(02/04), dois funcionários que chegaram para trabalhar encontraram a escola revirada e com armários quebrados, é uma cena cena lamentável. 
Ao que pode ser apurado, os ladrões invadiram a escola pelo telhado, o que fez com que parte do teto fosse destruído. Da escola foram furtados dois aparelhos de DVD e um violão. 
O fato foi comunicado a autoridade policial, mas até o momento, nenhum suspeito de ter praticado o furto foi identificado. 



EM ESPERANÇA
Resultado de imagem para banco DO BRASIL em esperança
Uma agência bancária foi arrombada na cidade de Esperança, no Brejo da Paraíba, na noite desse domingo foi alvo de arrombamento, nesse último dia (01/04).

De acordo com a Polícia Militar, a ação aconteceu por volta das 20h, quando moradores da cidade perceberam uma movimentação estranha no estabelecimento. 

A polícia foi acionada, mas quando chegou ao local não havia nenhum suspeito. A agência, no entanto, estava toda revirada.
Ainda não se tem informações sobre suspeitos nem se foi levada alguma quantia em dinheiro do local.

Só este ano de 2018, nos dois primeiros meses as 17 agências bancárias foram alvo de assaltantes, isso inclui postos bancários que foram explodidos, assaltados ou arrombados em todo o estado da Paraíba. Se comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados nove casos, o número quase dobrou, o que indica um aumento de cerca de 100%.

Silvanna Ramos, com Márcio Rangel e Alagoa Nova News


A Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia Seccional de Esperança  (12 DSPC), representada pelo GTE/HOMICÍDIOS, prendeu em flagrante delito desocupado Danilo Ferreira Gouveia, com 19 anos, na cidade de Alagoa Nova/PB, na manhã de hoje (23/02). 

Com o autuado,  foram encontradas 59 peteca de substância semelhante ao Crack, 10 petecas de uma substância semelhante à maconha, um aparelho celular e a quantia de RS 311,00 (trezentos e onze) reais. 

Durante o flagrante delito, o autuado confessou o crime de tráfico de drogas e afirmou que o dinheiro apreendido se trata da venda dos entorpecentes.  


O acusado foi autuado em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas e já responde a dois processos por Roubo, um na comarca de Pocinhos e o outro em Alagoa Nova. 

A Polícia Civil da 12 DSPC solicita a colaboração da população, através do n. 197, Disque Denúncia, enfatizando que  todas as informações são confidenciais e verificadas por nossas equipes. 


Silvanna Ramos com QAP24H e Seccional de Esperança
A Prefeitura Municipal de Alagoa Nova(PB), representada pelo prefeito José Uchôa de Aquino Leite(PSDB) através de sua Assessoria de Comunicação, vem esclarecer os fatos acerca do São João Tradição 2017, onde foi veiculado em vários portais de notícias que um houve um suposto superfaturamento nos valores gastos no evento e também poderia ter havido irregularidades quanto à contratação de pelo menos duas atrações.

O prefeito Aquino Leite, vem a público informar que os valores somam seis dias de eventos, distribuídos em locais e programações específicas, na Sede, na Zona Rural e no Povoado de São Tomé, do Município. Ainda que, a prefeitura devolveu ao povo o gosto pelas festividades de rua e realizou um dos melhores São João da Região, cumprindo todos os procedimentos legais exigidos e teve, como objetivo principal, proporcionar momentos de lazer e diversão à população do município.

As festividades tiveram início com o Lançamento Oficial da Programação no dia 09 de Junho(2017), onde reuniu artistas, produtores, empresários de eventos, autoridades, populares e imprensa. Foram seis dias dedicado as tradições culturais regional. Veja a programação completa abaixo:   


                               

                                            
Tudo ocorreu conforme o planejado, proporcionando a população momento de descontração, em ambientes que atenderam  os requisitos de segurança e comodidade daqueles que participaram, sendo esses munícipes ou turistas. Com estrutura de pavilhão, banheiros químicos, barracas de comes e bebes, cercado de segurança entre outros itens. Para tanto, foi feito todo o processo licitatório necessário e que foi remetido tempestivamente ao TCE-PB, em cumprimento a norma e em sintonia com a transparência que tem marcado indiscutivelmente a atual gestão municipal.

Sobre a contratação da Banda Karkará, que fez show dia 23 de Junho(Véspera de São João), o valor cobrado pela empresa produtora, está de acordo com o valor de mercado para a referida data, uma vez que os profissionais são consagrados pela opinião pública e os preços praticados são inquestionavelmente compatíveis com a magnitude do evento. Além de terem sido apresentadas as notas fiscais da referida banda, de shows realizados por ela em outros Municípios, essas notas fiscais foram devidamente anexadas no processo licitatório encaminhado em tempo hábil ao TCE-PB, obedecendo a legislação vigente. O que faz pairar tranquilidade na lisura da contração, pois há a devida equiparação de notas fiscais.  

Sobre a locação de palco e estrutura por valor superior a R$ 80 mil. Há de se compreender que não se trata, única e exclusivamente do palco, mas também da instalação de equipamentos de iluminação, sonorização, gerador, grid, banheiros químicos e grade de fechamento de proteção e do próprio palco. 

Sobre os Fogos de Artifícios na ordem de R$23 mil. Foram utilizados durante toda a programação distribuídas nos seis dias de festividades juninas.

Sobre a Banda Tempero Completo, de fato foram pagos 10 mil reais, todavia, a banda foi impedida de fazer seu show na festa de encerramento do São Tradição 2017 que ocorreu em 02 de Julho. O impedimento foi em razão de um incidente entre alguns populares que promoveram um tumulto, o que fez com que a Polícia Militar, orientasse a equipe organizadora para que desse o evento naquela noite por encerrado. Sugerindo que a PM ficaria a disposição para dá segurança em outro momento futuro. Exatamente como ocorreu, e ficou acordado que em um dos eventos da cidade a Banda Tempero Completo se apresentaria cumprindo seu contrato com o Município, e o Município por sua vez mantendo o respeito ao erário público. O evento escolhido foi o Réveillon no dia 31 de Dezembro de 2017. Veja a mídia audiovisual a seguir:


O prefeito Aquino Leite, diz que compreende e respeita o trabalho da Câmara Municipal, não estando surpreso com a forma como a oposição vem procedendo a respeito de alguns casos, inclusive esse em questão. Lamenta a maneira irresponsável e leviana que alguns vereadores oposicionistas vem denunciando fatos sem fundamentos e com um único fim, gerar falácias e factóides políticos, causando mal estar na proposta de dialogo constante entre o Legislativo e o Executivo. Salienta ainda que a comprovação de todo e qualquer gasto público é enviada a Casa Legislativa, conforme os balancetes mensais, onde constam todas as notas fiscais e empenhos, inclusive a do São João Tradição 2017, que está nas notas de empenho com as devidas especificações e valores. Portanto a suposta denúncia não condiz com a realidade e muito menos com a verdade dos fatos.

O prefeito preza pela lisura e transparência na administração pública, e faz questão de manter o zelo pelo erário público. Motivo pelo qual é responsável e exige de toda a sua equipe de gestão ampla responsabilidade com os serviços e ações. Por fim, diz se deixar a disposição da ordem jurídica para esclarecer quaisquer situações relativas à referida denúncia, se necessário for. E que, aguarda a citação do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, pois até o momento nada consta de forma oficial.



ASCOM