­

Tomadas às 48 horas a referida coligação ainda não retirou o material, discumprindo assim a justiça eleitoral. A decisão da Justiça Eleitoral saiu dia 16 de Setembro às 12h:15min.

A ação foi interposta pela coligação Alagoa Nova de Verdade

O juíz ERONILDO JOSÉ PEREIRA, da 13ª Zona Eleitoral, acolheu o pedido da coligação ‘Alagoa Nova de Verdade’, encabeçada pelo candidato Aquino Leite (PSDB), a frente a Advogada Maria Evaneide de Oliveira Paz. O mesmo deu o prazo de 48h para o candidato Júnior de Walfredo (PSB) retirar propaganda eleitoral irregular.

De acordo com a coligação representante, denúncia que a grafia dos nomes nas propagandas dos candidatos da majoritária não estãoobedecendo a proporção dos 30%, fato esse, comprovado nos impressos encaminhados nestadenúncia.

“Ante ao exposto, com base nos argumentos acima detalhados, concedo a medida liminar, a fim de determinar que seja recolhido no prazo de 48 horas a propaganda irregular”, despachou o magistrado.

Confira a decisão:


No início da madrugada deste domingo (04/09) Breno Pereira da Silva, de 31 anos, foi assassinado a tiros no Centro de Alagoa Nova, cidade do Brejo paraibano, distante da Capital João Pessoa, 148,6 Km.

O crime ocorreu do lado da Escola Municipal Dr. Fernando Cunha Lima. Na cidade estava ocorrendo a abertura da Festa da Galinha e da Cachaça, o fato se deu nas imediações do evento e teria sido praticado, segundo especulações por “um homem alto, de calça jeans e camisa amarela”.

Segundo um cidadão que não quis se identificar, o irmão dele viu a cena e disse o seguinte: "esse rapaz Bruno, riu de um tropeço de um homem que ia passando, coisa boba mesmo. Daí o homem que tropeçou, se revoltou e começou a bater na vítima, que gritava muito pelo nome de uma comerciante local e pediu para que o homem não o matasse. Então o homem sacou de uma arma e deu várias coronhadas na cabeça da vítima. Depois o homem se fastou, porém, rapidamente retornou e saiu espancando e arrastando a vítima e ao chegar entre a escola e um restaurante ele atirou na vítima e saiu tranquilamente. Havia pessoas passando nas ruas ali perto, mas não dava pra fazer nada, a não ser ligar pra o 190 que não atendia. A Polícia Militar chegou rápido, mas não tinha mais o que fazer, o rapaz já estava morto. Foi triste, muito triste, muito violento tudo", desabafou o irmão da testemunha, mas que também não quis se identificar.


Na manhã do dia seguinte, a esposa de Breno, dona Marlene Sidronio, procurou nossa reportagem e informou que naquela noite, ela e o marido estavam na Festa da Galinha e da Cachaça vendendo amendoim, "olha a gente tava na festa, meu marido vendia amendoim, aí antes de 12h ele disse que ia em casa, eu disse Breno eu vou também, ele disse que eu ficasse com minha irmã. Então eu pedi de novo, mas ele disse, eu venho logo e saiu, eu fiquei olhando ele ir embora, eu queria ir. Passando pouco tempo, o telefone de minha irmã tocou e como o som é alto eu ouvi quando disseram mataram Breno, eu gritei, mataram Breno?  Aí sai correndo, cheguei lá e vi ele já no chão com uma papel em cima. A polícia disse, vá pra casa, não é seu marido não, eu disse é, ele estava com aquele casaco. Mesmo assim fui embora e logo depois vieram avisar que era Breno mesmo e precisavam dos documentos, foi muito triste. Breno parece que tava pressentindo que ia morrer. Esses dias estava sempre falando de morte e ainda falou que na quinta passada, um rapaz disse, quando ele estava na rua perto da Cagepa com nosso filho pequeno que só não matava ele ali, por causa do menino. Breno me disse e ainda completou já tem umas cinco pessoas querendo me matar, mas eu não sei o porque e nem quem são essas pessoas", disse ela desolada.

Breno Pereira da Silva, morava na rua Alvaro Leite, no Bairro Ulisses Guimarães, em Alagoa Nova, foi atingido com dois disparos de pistola “ponto 40” na cabeça. Deixou a esposa e dois filhos menores. Além de vendedor ambulante, ele era servente de pedreiro. O sepultamento foi hoje(05/08) a tarde no Cemitério local. Agora as investigações serão feitas pela Policia Civil. Qualquer informação que possa levar ao paradeiro do acusado ligar para o número 197.


Silvanna Ramos, com informações de Renato Diniz
Na tarde dessa quarta-feira (31/08) Ivaldo Albino, 22 anos, morador de Alagoa Nova, foi preso pela polícia civil em flagrante delito após surrar violentamente o senhor Moacir Alves Lélis, de 60 anos de idade, morador da zona rural de Alagoa Nova.

O espancamento foi tão grave que na manhã desse domingo (04/09), a vítima não resistiu e acabou morrendo no Hospital de Trauma em Campina Grande.

Consta, de acordo com a PC, que tudo aconteceu devido a “seu” Moacir ter feito supostos gestos obscenos para a mulher Ivanildo. O acusado confirmou.

A confusão ocorreu no sítio “Preguiçoso”.

Informações de Renato Diniz
Umas das novidades da legislação eleitoral para as eleições deste ano é a propaganda negativa, onde ficou terminantemente o uso dos instrumentos de propagação de informação (inclusive redes sociais) com intuito de negativar a imagem ou fazer ofensas ou ataques aos candidatos.Em Matinhas, a atual prefeita da cidade e candidata à reeleição Fátima Silva (PSD) vai ter que perder o sono nos próximos dias para explicar os exageros cometidos pelo seu assessor direto e chefe de gabinete da gestão, Bruno Cunha (foto), que quase que diariamente faz ataques ao candidato da oposição, Aragão Júnior (PTB).
Os advogados de Aragão já estão entrando com pedido de liminar para que Bruno, além de apagar as postagens maldosas e com fins eleitoreiros, também justifique o fato de usar até documentos oficiais da prefeitura nas “denúncias” feitas no Facebook e no Instagram.
Em um dos ataques, Bruno chega a publicar um documento oficial (conta de celular e ofício da PMM) se referindo a supostas contas de telefone não quitadas por Júnior durante seu mandato de prefeito, no curiosamente, Bruno também era seu assessor.
Caso as propagandas negativas continuem nas redes sociais, Fátima Silva pode ser obrigada a pagar multa de até R$ 30 mil e o chefe de gabinete deverá ser responsabilizado, inclusive criminalmente sobre o fato. 
CONFIRA POSTAGENS:













A ‘Coligação Trabalhando para o Bem de Alagoa Nova’, que é encabeçada pelo atual prefeito Júnior de Walfredo (PSB) candidato a reeleição, comete irregularidade na confecção e veiculação da propaganda eleitoral.

O material exibido está fora do padrão exigido na legislação vigente, onde a LEI 9504/97 no artigo 36 paragrafo 4° estabelece que o nome do candidato a vice-prefeito esteja com o tamanho no minimo de 30% em relação ao do candidato a prefeito. 

Na propaganda veiculada nas redes sociais, carros, adesivos e similares mostram que a coligação vem desrespeitando a legislação. O nome do candidato a vice-prefeito, Francinildo Pimentel (PMDB), está menor que o estabelecido na regra, configurando a ilegalidade. 
CASO SEMELHANTE: 

Na cidade de Campina Grande a juíza da propaganda de rua, Adriana Barreto, considerou irregular a propaganda política do candidato Veneziano Vital (PMDB) e do vice Felipe Galdêncio (DEM) por ferir à legislação. Na decisão a magistrada determinou que a coligação recolhesse o material no prazo de 48h sob pena de multa por descumprimento da determinação judicial. 

Com Blog do Luiz Carlos
Antonio Pereira Júnior, 33 anos, conhecido “popularmente” como “bactéria”, na noite de ontem(20/08) foi vítima de uma tentativa de homicídio por volta das 21h30 em Alagoa Nova-PB.

O fato ocorreu no Bairro Santa Luzia. Os tiros acertaram “bactéria” no abdômen, mão e ombro. Ele encontra-se internado no Trauma, em Campina Grande, tendo já passado por cirurgia.

Segundo informações de populares, Antonio Pereira “bactéria” transitava no acesso da rua Vicentina Lima, no bairro Santa Luzia, quando um indivíduo conhecido por “Márcio” se aproximou, sacou de uma arma de fogo e efetuou disparos, foram pelo menos seis disparos e desses, três acertaram a vítima. O socorro foi rápido e a remoção foi feita pelo SAMU para o Trauma em Campina Grande.

Até o presente momento sabe-se apenas que o estado de saúde de Antonio Pereira é grave. A Polícia não deu informações sobre o paradeiro do acusado e os motivos que levaram ao crime.




Silvanna Ramos com Renato Diniz 
Um adolescente com apenas 12 anos de idade foi apreendido por furto na cidade de Alagoa Grande, no Brejo paraibano. 

Com a apreensão  do menino o delegado Danilo Orengo e equipe esclareceram dezenas de crimes ocorridos na cidade, além de identificar outros adolescentes. O garoto já é apontado como um "verdadeiro líder".

O Conselho Tutelar acompanhou a ação da Polícia Civil que  recuperou vários objetos de furtos. 
Constatou-se ainda que, no dia 05 de agosto alguns adolescentes atearam fogo na casa que fica na entrada da cidade, justamente no terreno do Banco do Nordeste, destruindo uma casa que servia de depósito. A Polícia Civil já identificou os outros adolescentes envolvidos no incêndio e já está adotando as medidas necessárias.

No caso do incêndio, diante da gravidade, o Corpo de Bombeiros de Guarabira, teve que ser acionado.


(Renato Diniz com PC/Alagoa Grande)
O cantor paraibano Bia Brasil, de 39 anos, residente no Bairro das Três Irmãs em Campina Grande-PB, denunciou crime de violência física e verbal sofrido por ele na madrugada do último dia 07 desse mês de Agosto, por um dos seguranças da Boate Vogue de Campina Grande, que fica na Avenida Floriano Peixoto. Ele classificou a violência sofrida como um crime homofóbico e preconceituoso.

Ao Portal de Notícias Alagoa Nova Já, o cantor informou que estava se divertindo com amigos, como normalmente faz na Boate Vogue e que em dado momento, mais precisamente por volta das 4h:00min precisou sair das dependências internas da Boate e se dirigiu a parte externa para atender um amigo, o que aconteceu rapidamente e ao tentar retornar para o interior da Boate, um segurança não deixou, exigindo um novo pagamento de entrada. O que foi contestado pelo cantor e rapidamente gerou um desentendimento entre ambos, nesse instante o segurança o segurou brutalmente pelo pescoço e o jogou no chão o surrando violentamente e proferindo palavras de baixo calão, entre elas, segundo o cantor, o segurança havia dito "além de aleijado você é viado", frisou ele.

Amigos do cantor Bia Brasil o socorreram para o Hospital de Trauma, no atendimento médico foi verificado além de machucões pelo corpo, especialmente na região da barriga e boca, uma fratura na sua perna esquerda, justamente a perna que ele tem deficiência física. A agressão foi registrada na Central de Polícia. O cantor já fez exame de Corpo Delito e entrará com uma ação contra a Boate Vogue. Porque segundo o cantor, "a dona da casa deve ser responsabilizada pela equipe que trabalha para lidar com o público que frequenta a casa de shows", disse ele.

Conforme Bia Brasil relatou em sua página da rede social facebook: ..."acredito que a mesma seja responsável pela qualidade de seus funcionários e a mesma colocou um segurança homofóbico pra trabalhar onde o mesmo me agredindo me chutando caído ao chão gritava me chamando de VIADO ALEIJADO...Absurdo o que viví naquele momento..Fiz meus exames de corpo delito, tive no hospital de trauma com muitas dores com o corpo muito machucado e coloquei um gesso na minha perna esquerda a qual tenho uma deficiência que chegou a fratura-la..ISSO PRA MIM FOI UMA CENA DE CRIME HOMOFÓBICO DO QUAL VIVÍ,num ambiente em que pensava eu que estava seguro por se tratar uma casa noturna de diversão para o nosso publico LGBT..Quero também dizer a Dona desta casa que infelizmente fui obrigado a prestar tal queixa, que vai para justiça e que a mesma procure conhecer melhor as pessoas com quem trabalha,pois segurança do tipo que me agrediu não e gente para trabalhar com o nosso segmento e poderá causar danos maiores podendo causar morte de algum lgbt"...disse ele.


Silvanna Ramos
Na tarde de ontem(05/08) nas dependências do Colégio Municipal Violeta Costa, em Alagoa Nova-PB aconteceu a Convenção do PSB e de outros partidos que declararam apoio ao PSB local, sendo eles: PMDB, PT e PROS. 

Foi um evento sem grandes participações de políticos de atuação estadual ou nacional. Porém teve a participação do deputado federal Veneziano Vital(PMDB) e do deputado estadual Anízio Maia(PT) e os 37 pré candidatos ao cargo de vereador. Além de populares e apoiadores do prefeito Junior de Walfredo.

A Convenção segundo o prefeito em atuação e candidato após a homologação,a reeleição Junior de Walfredo "é o momento que dá inicio a uma trajetória de intenções e de vontade de continuar no caminho certo. Queremos ir adiante fazendo o melhor pra nossa cidade, avançando em diversas áreas, fazendo a população ver nossa vontade e também fazer com que participem da gestão", pontuou

O suposto ministério que durou aproximadamente três meses sobre o nome do seu vice chegou ao fim, e foi anunciado o empresário do ramo de hortaliças residente no Povoado de São Tomé de Alagoa Nova, Francinildo(PMDB), como companheiro de chapa de Junior de Walfredo, formando assim uma chapa que atende os interesses do PSB e do PMDB. Segundo o próprio Francinildo, "estou aqui para somar, para juntarmos forças e continuar o trabalho que Junior vem fazendo a frente da prefeitura", frisou ele.

Ali puderam usar da palavra, os pré-candidatos, que a partir do dia 16 de Agosto sairão a procura de apoio popular e votos. Quase a totalidade dos que se utilizaram da fala, frisaram a vontade de auxiliar o prefeito e continuar sem rupturas na gestão.

Sem grandes participações politicas o ex prefeito de Alagoa Nova que renunciou no inicio desse ano, Kleber Moraes esteve presente e falou "estou apoiando esse amigo, meu companheiro de caminhada Junior de Walfredo, esperando que seu trabalho continue, sei que fizemos muito e ele fará muito muito mais", disse o ex prefeito.

O deputado federal Veneziano Vital do Rego, pré candidato ao cargo de prefeito de Campina Grande, veio apoiar Junior de Walfredo, disse "tenho carinho especial por Alagoa Nova, lugar de parentes meus e onde sou sempre votado, venho emprestar meu empenho e dá meu apoio a reeleição do amigo Junior de Walfredo e de seu companheiro de chapa Francinildo, bem como aos amigos que estão se lançando ao cargo de vereador. Vou apostar no emprenho e na continuação do trabalho da gestão" enfatizou o deputado.

A Convenção chegou ao final sem as participações esperadas do ex prefeito de Alagoa Nova e ex deputado estadual do PMDB Ivaldo Moraes, bem como notou-se a falta da presença do governador Ricardo Coutinho(PSB). O que se compreende devido ao excesso de Convenções do PSB marcada para a mesma tarde.




Silvanna Ramos










A convenção municipal do PSDB em Alagoa Nova confirmou nesse domingo (31/07) o nome do administrador de empresas Aquino Leite para a disputa ao cargo de prefeito do Município de Alagoa Nova-PB em Outubro deste ano. Seu vice será o empresário João da Ideal (PSD).

O evento foi realizado nesse domingo a tarde na Câmara Municipal de Alagoa Nova, onde ocorreram ainda as convenções de partidos como o PTB, PHS, PT do B, PDT, PP, PPS e o DEM, que já anunciaram apoio a Aquino Leite.

Candidatos ao cargo vereador também estiveram presentes, onde expressaram em suas falas o apoio irrestrito a candidatura de Aquino Leite e João da Ideal, também o desejo de se tornarem soldados de um projeto de mudança e renovação para Alagoa Nova. 

O evento teve a presença do Senador da República Cássio Cunha, do deputado Federal Pedro Cunha Lima, dos deputados estaduais Manoel Ludgério(deputado licenciado) e Guilherme Almeida, os ex prefeitos Otávio Leite Sobrinho, Robério Colaço Maracajá e Luciano Oliveira, entre outras autoridades, ainda, filiados e convencionais. 

O Senador Cássio Cunha Lima, afirmou que "abraço com muito respeito as candidaturas de Aquino Leite e de João da Ideal, essas candidaturas são frutos da participação da militância dos partidos presentes nessa convenção e celebra a vontade do povo alagoa-novense, motivo pelo qual me faz ser favorável a elas. Me deixo a inteira disposição para junto ao governo Federal na qualidade de Senador abrir oportunidades de diálogos e resoluções de problemas existente no Município ao lado de Aquino e de João", enfatizou o Senador. 

O Deputado Federal Pedro Cunha Lima, disse "tenho um grande apreço por Alagoa Nova e dentro de minhas possibilidades, na condição de deputado federal, estarei disposto a colaborar com um projeto de desenvolvimento para o Município, vou além e afirmo, quero está prefeito de Alagoa Nova em Brasília, para abrir portas e janelas para o futuro prefeito dessa cidade, nosso amigo Aquino Leite", pontuou. 

O candidato a vice prefeito, empresário João da Ideal, lembrou que "o projeto  de desenvolvimento que envolve as mais variadas bandeiras na esfera administrativa não está sendo pensado de hoje, vem sendo elaborado há quase 10 anos e é voltado para cuidar bem das pessoas e do Município". 

O candidato a prefeito Aquino Leite ao fazer uso da fala disse "vamos unir cada vez mais, quem une 09 partidos ao seu lado tem a capacidade de agregar valores em uma gestão, será um grande desafio, mas as perspectivas são promissoras" salientou ele. 

Ainda afirmou que "a expectativa para a campanha é muito boa e se trata de uma qualitativa aliança partidária, com o objetivo de alavancar os ideais de  bandeiras tais como, a da descentralização, da participação, da eficiência e da transparência. Onde o empenho em dialogar e dá oportunidade de melhores condições de vida e oportunidade ao povo deverão ser prioridades constantes em nossa futura gestão, que se desenha hoje com nossa convenção e a partir de amanhã com nossas homologações de candidaturas e em 16 de Agosto tomaremos, ruas, praças e sítios acompanhados pelo povo", pontuou ele.

Aquino Leite e os demais presentes foram quase unânimes em fazer críticas a atual gestão, o que deverá também ser uma constante na campanha que se inicia em 16 de Agosto.


Silvanna Ramos e Marcos Felipe


Agora há pouco em Alagoa Nova, Município do Brejo paraibano, por volta  por volta das 19h:30min desse dia (28/07), um marceneiro de 29 anos, que não quis se identificar, ele sofreu um assalto e uma tentativa de roubo de moto, que por pouco não resultou em morte.

Segundo o marceneiro ele estaria vindo do centro, conduzindo uma motocicleta, pertencente a um de seus irmãos e estaria indo com destino a casa de outro irmão que fica no loteamento Mario Lima, quando percebeu que logo após passar em frente a Companhia de Polícia de Alagoa Nova, que fica no mesmo prédio do Fórum local, começou a ser perseguido por dois marginais, que estavam em uma outra moto, sendo uma aparentemente uma Honda de cor vermelha, sem a "rabeta", ambos estavam com os rostos cobertos por camisas e trajavam um roupas escuras e o outro roupas mais claras, de descrição física, segundo a vítima, um era magro e alto e outro mais gordo e de estatura mediana. 

Contou o marceneiro que tentou fugir da perseguição em disparada, porém, ao entrar numa rua sem calçamento a moto derrapou e ele caiu, tendo sido abordado pelos assaltantes, que bateram em seu rosto e sacaram dos revolveres que portavam,  tomaram pertences dos bolsos da vítima, a exemplo de um aparelho celular. 

Em relato J.B.S. disse ter ouvido quando um assaltante perguntou: "eu mato? E o outro respondeu: Não! Dá só umas coronhadas". O que de fato aconteceu. Mesmo sangrando e atordoado, enquanto os assaltantes tentavam levantar a moto, ele fugiu do local. A moto não foi levada porque a vítima levou a chave e saiu gritando que estava sendo assaltado.

A vítima procurou o Hospital Sofia de Castro, onde foi atendido e liberado. Em seguida procurou a Companhia de Polícia que o orientou a ligar para o 190 e providenciar um Boletim de Ocorrência em Campina Grande, porém a vítima preferiu deixar para amanhã dia 29, na Delegacia de Polícia Civil de Alagoa Nova. A PM não diligenciou. E a vítima não soube precisar para onde poderiam ter se evadidos. 


Silvanna Ramos


Na madrugada desta quinta-feira (02/06) bandidos tentaram explodir o caixa eletrônico do Posto de Auto Atendimento do Bradesco em Alagoa Nova, no Brejo paraibano, que se localiza na Rua Clementino Leite, centro da cidade, no entanto a investida não deu muito certo.

Na tentativa do assalto, os bandidos chegaram a quebrar a porta de vidro e danificar o equipamento, porém a Polícia Militar foi informada a tempo e os ladrões fugiram. Diligências foram realizadas, mas sem sucesso. E até o presente momento não há informações sobre o numero de bandidos e nem do veículo utilizado.

Já em Montadas, por volta das 04h00 da última quarta-feira (01), ladrões em uma picape de cor branca arrombaram a agência dos Correios explodiram o cofre e furtaram o dinheiro.
Os ladrões danificaram às câmeras de segurança do prédio. Na fuga efetuaram disparos.

Um morador disse que viu e ouviu os ladrões se comunicando com rádios amadores e monitorando a polícia. O que chamou a atenção dele é que entre os bandidos havia uma mulher e ela era que dava as ordens.



Com informações do Portal Alagoa Nova e Renato Diniz